E-commerce

Quando e por que mudar Plataforma de E-commerce?

Se você possui uma loja virtual, sabe que construir um site de vendas é uma coisa relativamente simples.

No entanto, ter uma plataforma de e-commerce que se posicione corretamente com a sua marca, comunique-se com o cliente de forma precisa e aumente o número de vendas é bem mais complexo.

Em um determinado momento, você pode perceber que a plataforma atual do seu e-commerce não está mais atendendo às exigências em sua totalidade, comprometendo a saída dos produtos e consequentemente afetando os lucros.

Essa situação é muito comum e significa que o seu negócio está subindo mais um degrau. Porém, é fundamental saber qual é o momento ideal para migrar para outra plataforma que esteja de acordo com as características do seu e-commerce.

Contudo, você deve se questionar: quando e por que mudar de plataforma de e-commerce? Quais sinais indicam que a plataforma atual não está mais entregando o necessário?

Para sanar as suas dúvidas, listamos as principais razões para você mudar de plataforma e obter ainda mais sucesso na sua loja virtual. Confira!

Qual o momento ideal para migrar de plataforma de e-commerce?

Quais são os principais motivos que levam uma empresa a migrar de plataforma de e-commerce? Acredite, são muitos!

Pensando nisso, trouxemos alguns dos sinais que devem ser levados em consideração e que indicam a necessidade da troca de plataforma para uma melhor gestão do seu negócio. Acompanhe!

1. Instabilidades constantes

É comum que as plataformas, de maneira geral, sofram com algum tipo de instabilidade. Entretanto, quando se torna uma falha recorrente, traz com ela inúmeros problemas para a sua loja.

Dentre as complicações geradas pela instabilidade, as reclamações dos clientes aparecem em primeiro lugar, comprometendo as vendas de forma evidente.

Isso sem contar que a partir do momento em que a plataforma do seu e-commerce passa a não funcionar de forma correta, o consumidor desiste da compra e parte para a concorrência, diminuindo o tráfego, afetando diretamente na receita do seu negócio.

Além disso, com a instabilidade, a indexação do Google é prejudicada e o e-commerce cai no posicionamento das pesquisas feitas por usuários que buscam produtos semelhantes aos seus.

2. Ausência de integrações nativas

A integração nativa é caracterizada pela solidificação de um software planejado e programado para trabalhar com um único fornecedor de todas as ferramentas necessárias para a melhor interação de uma plataforma.

No que diz respeito ao e-commerce, a integração de soluções é necessária para agregar gateways logísticos que melhorem as condições de fretes, bem como soluções de pagamento, economizando tempo e custos.

Outro ponto fundamental para o crescimento de uma plataforma de e-commerce é a integração nativa com marketplaces do segmento.

A plataforma de e-commerce deve oferecer essas ferramentas para que a estratégia não se torne uma experiência cara ou inviável ao consumidor, facilitando a operação e gerando mais economia.

3. Suporte falho e de má qualidade

O suporte da plataforma deve ter a qualidade necessária para resolver qualquer tipo de questão com o seu e-commerce.

Se você tem dificuldades frequentes com a utilização dessa ferramenta, esse é mais um dos motivos para migrar de plataforma.

A solução de problemas não deve ser mais um dos problemas, porque isso implica em todo o progresso da sua marca online.

4. Não possui escalabilidade

A escalabilidade é a capacidade que a plataforma de e-commerce possui para crescer atendendo as mais variadas demandas, sem perder as qualidades que lhe agregam valor.

A plataforma tem a responsabilidade de acompanhar o crescimento da sua loja virtual, inclusive o aumento das vendas, oferecendo maiores recursos que potencializam esse progresso.

Se o seu e-commerce está alcançando um número de vendas não suportado pela plataforma e ela não disponibiliza soluções com custo-benefício para mudar esse cenário, é mais um sinal claro de que é o momento de mudar.

5. Poucas opções de customização

É fundamental que a plataforma de e-commerce disponha de uma interface única e bem desenvolvida.

Além da apresentação dos produtos ocorrer da melhor maneira possível e promover uma experiência de compra simples e objetiva para o consumidor, ela deve permitir que você adicione recursos e funcionalidades que otimizem o seu negócio online para que ele represente a personalidade da sua marca.

Se a plataforma do seu e-commerce não disponibiliza customizações, faz com que o processo se torne engessado. Sua loja não expõe a identidade e a navegação fica confusa para o usuário.

5. Não é compatível com determinados navegadores

A plataforma deve ser compatível com os principais navegadores, como Google, Mozilla Firefox, Internet Explorer, entre outros.

Se o usuário acessa a sua loja virtual por meio de um navegador não compatível, ele não conseguirá acessar os seus produtos e dessa forma, a venda será perdida.

Quando a plataforma é limitada no que diz respeito às opções de navegadores, é um sinal claro de que você precisa escolher outra.

6. Faltam ferramentas para uma melhor experiência do consumidor

A experiência do consumidor dentro da sua loja online deve ser cada vez melhor, pois isso fará com que ele retorne mais vezes e realize mais compras.

Possuir uma loja intuitiva, que seja de fácil navegação para dispositivos móveis e tenha ações automáticas de recuperação de carrinho são fatores imprescindíveis.

A plataforma de e-commerce deve contar com ferramentas que permitam que o usuário tenha maior facilidade no momento da compra.

Algumas empresas oferecem ferramentas para melhorar a experiência do consumidor dentro da plataforma, porém cobram uma porcentagem sobre o valor do pedido, o que para muitos negócios não é viável.

Por isso, se a plataforma de e-commerce que você escolheu não dispõe desses recursos facilitadores, é hora de migrar para outra.

7. Não libera a operação omnichannel e omnicanalidade

A operação omnichannel ou omnicanal promove a integração entre diferentes canais de venda, sendo uma grande tendência de UX – experiência do usuário.

Por meio dessas operações, o consumidor pode pesquisar por um computador por meio do site, realizar a compra no app e retirar o produto na loja física.

Esse tipo de logística parece simples para o usuário, mas o e-commerce e a plataforma precisam estar muito bem alinhados para que o processo transcorra de maneira organizada. Por esse motivo, muitas plataformas não oferecem esse tipo de ferramenta.

Se você possui um e-commerce em fase de crescimento, é fundamental saber que para melhorar as vendas é importante analisar não somente a plataforma, mas toda a operação.

8. Sua loja não está bem posicionada nos mecanismos de busca

Quando você está bem posicionado no Google, você vende! E para marcar presença nas primeiras posições sem precisar investir em anúncios, é fundamental alinhar o e-commerce com as estratégias de SEO.

É por meio do SEO que o Google vai escanear as páginas do seu e-commerce e indicará para que sejam mostradas aos usuários quando fizerem buscas pelos produtos que você oferece.

As plataformas que não permitem personalização de títulos, descrições, palavras-chaves, dentre outros pontos importantes para criar indexação, faz com que você deixe de aparecer e, consequentemente, não venda.

Se a sua plataforma de e-commerce não está alinhada com a sua necessidade, é a principal razão para você trocá-la.

Quais são as principais plataformas de e-commerce para quem está expandindo a operação no digital?

Agora que você já sabe quais os principais pontos que devem ser levados em consideração antes de migrar para uma outra plataforma, que tal conhecer as principais plataformas de e-commerce para expandir no digital? Vem com a gente!

Escolher uma plataforma para o seu e-commerce demanda tempo e atenção, isso porque você deve buscar aquela que irá te oferecer o melhor custo-benefício e atender às principais necessidades do seu negócio.

Pensando na infinidade de opções, listamos as 3 principais para que você possa ter uma visão mais ampla do que elas oferecem.

Vtex

A Vtex é considerada uma das principais plataformas de e-commerce no Brasil. Foi fundada em 1999 e se destaca no cenário das lojas virtuais.

Para você ter uma ideia da dimensão no mercado, empresas como Walmart, Petrobras, Samsung e Brastemp utilizam essa plataforma.

O maior benefício dessa plataforma é a possibilidade de mesclar os processos administrativos, tornando-a ainda mais completa.

Essa plataforma possui custo de setup e porcentagem de vendas e os valores são negociáveis. A base de preço mensal é em torno de R$1.500,00, por isso é recomendada para quem já possui um bom valor de faturamento.

A Vtex possui um sistema de canais de venda integrados, possibilitando o gerenciamento de todos os pedidos em um único lugar, além disso, disponibiliza múltiplos catálogos e estoques, criação de promoções em diversos canais e muitas formas de entrega.

O grande diferencial desta plataforma, como já foi mencionado, é a mesclagem de todas operações.

Além disso, a plataforma lançou a Vtex Io, versão de software mais atualizada, que visa potencializar a integração, a facilidade de criação de aplicativos e aprimorar a experiência do usuário no E-commerce.

Se você ainda tem dúvidas, nos contate, somos uma agência parceira Vtex.

Linx

Outra plataforma grandiosa no mercado é a Linx, empresa brasileira fundada em 1985 com filiais em múltiplas cidades do mundo. Atende empresas como Miami store e Renner e possibilita o desenvolvimento de negócios onlines, integrados com os offlines, como:

  • B2B: seu negócio vende produtos ou serviços para outros negócios;
  • B2C: seu negócio vende produtos ao consumidor final;
  • Marketplace: você vende em um marketplace próprio.

É uma plataforma com a operação omnichannel, integração ERP, layout 100% personalizável, inclusão mobile, checkout simples, motor de promoções, escalabilidade e SEO amigável.

No que diz respeito a mensalidade, a empresa não disponibiliza os valores no site.

Ainda ficou com dúvidas? Nos contate, somos uma agência parceira Linx.

Shopify

A Shopify é uma plataforma de Ecommerce candense, fundada em 2004 que oferece serviços completos desde o design, layout personalizado da loja virtual, gerenciamento de estoque e vendas e integração com as mais diversas formas de pagamento.

Considerada uma plataforma intuitiva, também dispõe de aplicativo para que o gerenciamento da loja seja feito de qualquer lugar. Além de integração com redes sociais, fornecedores e muito mais.

Algumas das principais ferramentas nativas são:

  • Atendimento;
  • Gerador de QR code;
  • Gerador de logo;
  • Canais de vendas;
  • Recuperação de carrinho;
  • Entre outros.

Os valores na Shopify são em dólar e os planos variam entre $29 a $299 + taxas.

Se as dúvidas não foram completamente sanadas, nos contate, somos uma agência Shopify Partner

Antes de tudo, avalie!

São muitas as questões que permeiam o assunto sobre plataforma de e-commerce ideal, por isso é fundamental reservar um tempo para avaliar desde a escolha, até uma possível migração.

Enumere os prós e contras, levando em consideração o operacional e o gerenciamento de qualidade da sua loja virtual.

É importante analisar quais as suas principais necessidades como as integrações que são prioridade quando o assunto é e-commerce.

E lembre-se: se você precisar de ajuda para escolher ou migrar de plataforma, conte com o nosso suporte!

Profissional de Marketing que trabalha com e-commerce desde 2014. Com vivência em operação em e-commerce, plataformas e agência.

Escreva Um Comentário