E-commerce

Impactos da crise para os pequenos negócios e como enfrentá-los

Pinterest LinkedIn Tumblr

A crise do novo coronavírus causou impactos incontestáveis na economia mundial, atingindo todas as esferas. Os pequenos empresários, no entanto, são especialmente prejudicados. Numa tentativa de mensurar isso, o Sebrae realizou uma pesquisa com uma amostra de 9.105 donos de pequenos negócios, entre os dias 20 e 23 de março de 2020.

Resultado da Pesquisa:

O primeiro dado já é muito preocupante: 89% dos pequenos negócios enfrentaram queda de faturamento mensal, e 63% dos entrevistados afirmaram que a queda foi maior que 50%. Quanto a medidas de higiene, mais da metade desses estabelecimentos aumentaram precauções de limpeza e disponibilizaram álcool gel para funcionários e clientes. 42% informou ter fechado temporariamente o negócio, e, infelizmente, 1/4 pretende fechar permanentemente. Além disso, 36% acredita não conseguir manter a empresa por mais de 1 mês aberta.

Dos mais de 9 mil entrevistados, um pouco mais de 1/4 tem o objetivo de investir mais nas vendas online. De fato, os e-commerces se tornaram, durante a crise, praticamente o único veículo de exposição dos produtos. O mundo e o mercado que conhecíamos antes da COVID-19 não existirá mais. Em um novo cenário, será obrigatória a presença das empresas no mundo digital.

Mas será que realmente vale a pena?

Listamos algumas das principais vantagens de um e-commerce, em comparação com as lojas físicas:

➤ Custo operacional mais baixo

Isso porque todo o valor de estrutura será reduzido – você não precisará investir em móveis, aluguel, água e luz, por exemplo. O custo com pessoal, na maioria das vezes, também é menor, levando em consideração que provavelmente você terá uma equipe reduzida. Além disso, o investimento inicial é mais baixo e requer menos tempo para que os produtos fiquem disponíveis para venda, que é tudo o que você está precisando em um momento como esse.

➤ Facilidade de Acesso

Qualquer cliente, em qualquer situação e em qualquer lugar do mundo, poderá acessar o seu e-commerce. Mesmo se não estivéssemos enfrentando uma pandemia, esse fator ainda seria importante, tendo em vista que temos cada vez menos tempo para se deslocar até os lugares, principalmente quando não faz parte das nossas prioridades e necessidades essenciais. Nós, consumidores, prezamos – e pagamos mais! – por conforto. Essa simples vantagem faz com que o seu público seja muito mais abrangente, aumentando as possibilidades de fechamento da compra.

➤ Acompanhamento dos Resultados

Em uma loja física, você utiliza métricas como número de vendas e ticket médio para analisar se os seus resultados estão sendo bons. Na loja virtual, no entanto, você tem uma infinidade de possibilidades de análise. Utilizando o Google Analytics, por exemplo – plataforma básica para quem irá iniciar um e-commerce -, você consegue acompanhar quais anúncios estão gerando visitas para o site, quais as características das pessoas que têm interesse nos seus produtos, em qual momento o usuário está desistindo da compra, entre muitas outras informações. Isso é fundamental para que você entenda direitinho o que funciona com o seu cliente e é uma grande vantagem em relação à loja física, em que os dados são extremamente limitados.

➤ Possibilidade de Estoque sob demanda

Isso pode ser interessante se você tiver mercadoria de produção própria. A venda através de encomenda pode fazer com que você possa disponibilizar muito mais variedade, atraindo mais clientes. No entanto, tome cuidado com o prazo de entrega. Apesar do usuário entender que a compra online demora mais que a física, – que é imediata – ele não quer esperar mais do que o necessário.

Disponibilidade

Você está online 24h por dia! Sem precisar cumprir horário, você pode vender a qualquer momento. Isso também é um grande facilitador, pois muitas pessoas não conseguem realizar suas compras durante o horário comercial.

Definitivamente, se você ainda não tem e-commerce, chegou a hora de começar! Não espere o desespero bater para procurar resultados. A solução para os impactos da crise está no mundo digital – e ele vale muito a pena. Ficou interessado e quer saber mais sobre como abrir um e-commerce? Solicite seu orçamento com a Wave – clique aqui! Queremos ajudar você a resistir a essa crise. Leia mais sobre nossos serviços.

Apaixonada por marketing e redação. Graduanda em administração na Universidade Federal do Rio Grande do Sul e entusiasta da boa comunicação e da troca de ideias e experiências.

Escreva Um Comentário